Temer minimiza suspeitas e diz que é amigo de todo brasileiro que tem 23 milhões de reais

A Polícia Federal encontrou planilhas e extratos bancários que apontam cerca de R$ 20,6 milhões em contas de empresas do coronel aposentado João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer. Mais R$ 3,04 milhões estão em uma conta do próprio Lima. A PF investiga a suposta atuação de Lima como um intermediário de propina do presidente da República.

Michel Temer minimizou as suspeitas e disse que é amigo de todo brasileiro que tenha 23 milhões de reais em conta. “Qualquer pessoa que tenha essa quantia provavelmente é minha amiga e apoia meu governo. E mais ainda, eu sempre serei seu amigo”, contou o presidente.

Críticas sobre sua má escolha de amigos foram feitas por familiares ao coronel Lima.