Após anos de comerciais do Dollynho, dono da Dolly finalmente é preso

A Polícia Militar prendeu hoje pela manhã o dono da empresa Dolly, responsável pelo Guaraná Dolly e pelos comerciais com o personagem Dollynho. Laerte Codonho foi preso por fraude fiscal.

A realidade, segundo apurada pelo Sensacionalista, é que o empresário foi preso por ter bancado os comerciais do Dollynho.

Responsável por lotar os consultórios de psicólogos infantis em todo o país, durante um tempo se suspeitou que os comerciais fossem bancados por estes profissionais.

 “Além de muita criança, eu também atendia os pais. Uma vez um pai que ganhou uma embalagem PET de dois litros de Dolly no Dia dos Pais veio aqui para se tratar, teve que tomar três remédios tarja preta por meses e fazer hipnose para tirar a música ‘Eu te ofereço um Dolly/ Com toda emoção’ da cabeça”, diz um psicólogo.

LEIA NO SURREALISTA: Dono da Dolly é preso e diz que a culpa é da Coca-Cola

O menino B., de 9 anos, foi uma dessas crianças. Depois de seis meses de terapia cognitiva e remédios tarja preta, a criança conseguiu perder o medo que tinha dos intervalos comerciais da programação infantil. “Mas ele ainda hoje só dorme com a luz acesa e com uma faca debaixo do travesseiro”, diz a mãe.

Perguntado pelo Sensacionalista, Dollynho deu algumas dicas para seu criador: “Não deixe o sabonete cair! Seja batizado pelo PCC assim que possível! Não seja X9!”

Confira o último comercial do Dollynho: