O jovem Eduardo Souza de Carvalho, de 23 anos, decidiu passar o feriado conversando com seu advogado para abrir um processo contra si mesmo. O motivo da causa é ter esquecido de desligar o despertador de 5:30 da manhã no feriado.

“Não dá para acreditar que eu tenha feito isso comigo mesmo. É inadmissível, só na Justiça mesmo que poderei resolver o problema”, disse o jovem.

“Foi sem querer, estava tão relaxado na véspera do feriado que não lembrei das minhas responsabilidades”, disse Eduardo.