Com Lula preso, manifestante anti-PT considera golfe como novo hobby

A euforia que se seguiu ao w
anúncio de que o juiz de primeira instância Sérgio Moro ordenou que Lula se apresente para ser preso até às 17h de amanhã foi substituída por um vazio no coração do militante pelo fim do PT Ferdinando Fonseca Penteado.

Empresário e ativo em todas as manifestações pró impeachment de Dilma, ele diz que contribuiu com mil reais para recuperar um boneco de Lula, o “Pixuleco”, furado por um grupo de “pessoas diferenciadas”.

Ele escreveu em seu perfil numa rede social que finalmente a censura da doutrinação comunista corrupta foi erradicada do país. Depois disso, escreveu um novo post dizendo que o dólar baixo que ele acredita que se seguirá ao pedido de prisão de Lula realizará mais sonhos para ele do que os 13 anos do governo do PT. “Finalmente irei para a Disneyland”, escreveu.

Num terceiro post acompanhado de uma selfie modificada com um filtro que o deixava com a cara de um cachorrinho triste, ele disse estar sentindo um grande vazio. “Matamos o chefão! Zeramos o jogo! O que fazer? Minha tacada longa no golfe sempre foi fraca… Com a sensação de missão comprida (sic), vou levar a experiência de derrotar o PT para diminuir meu handicap #golfe #forçafocofé #comunistasgohome”

Marcelo Zorzanelli