Conta de luz sobe 10,36% no Rio e engrossa estatísticas da violência contra população

Foi aprovado nesta terça-feira pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) um aumento médio de 10,36% nas tarifas da Light e o reajuste pode ser aplicado a partir do dia 15 de março. Para consumidores residenciais, o reajuste será de até 9,09%, enquanto para os consumidores industriais, 13,4%. O aumento elevou as estatísticas de violência contra cidadãos na cidade.

“Além do perigo das ruas, os moradores do Rio agora serão assaltados dentro de suas próprias casas quando ligarem uma lâmpada ou um eletrodoméstico” diz um texto publicado pela secretaria de segurança.

Um alerta aos cariocas pedindo que não reajam ao assalto em suas próximas faturas de energia complementou a publicação. A secretaria agora estuda a criação de uma nova delegacia especializada em crimes cometidos especificamente contra o carioca, como o aumento de energia, o prefeito rindo das vitimas de enchente e o preço abusivo dos transportes.