O executor de canções de sertanejo universitário Gusttavo Lima postou um vídeo em que aparece descarregando um fuzil em um clube de tiro.

Na legenda, Gusttavo, cujo verdadeiro nome é Nivaldo Bastista escreveu que é a favor do porte de armas e registou apoio a Jair Bolsonaro. “Se as pessoas já podem andar por aí portando meus CDs e DVDs, materiais bélicos de alta periculosidade, por que não um fuzil que dispara 100 tiros por minuto?”, perguntou.

Ao saber do apoio, Bolsonaro prometeu usar as músicas de Gusttavo para arrancar confissões de presos em seu governo.

“Só com aquela ‘Tchererê Gusttavo Lima e você’ eu resolvo toda a criminalidade do Rio de Janeiro sem precisar de exército. Só colocar um helicóptero tocando aquilo alto em cima da boca que os bandidos saem pedindo arrego”, disse.

M Zorzanelli