Rodrigo Mendes da Silveira, de 33 anos, entrou com um processo na Justiça contra seu amigo, Wagner Menezes, pedindo uma indenização correspondente a dez horas de seu ganho por hora em seu trabalho. Rodrigo alega que Wagner recomendou uma série de qualidade duvidosa a ele e insistiu que assistisse até o final mesmo não gostando da história.

“Deixei de trabalhar por 10 horas, que foi a duração da primeira temporada da série, por causa dele. Confiei em sua palavra e perdi esse tempo na minha vida. Exigo indenização”, disse Rodrigo. “Já basta ele insistir que eu continuei assistindo The Walking Dead, que todo mundo sabe que já deu”, completou.

Wagner pedirá recurso e exige que se aguarde a segunda temporada da série para que se possa avaliar a qualidade da mesma. “Ficaram muitas pontas soltas, alguns personagens ainda não foram muito desenvolvidos. Vamos aguardar”, disse Wagner a Rodrigo, na saída da audiência.