15 capas do passado que poderiam ter sido lançadas em 2017

Em 1988, Cazuza já via “o futuro repetir o passado”. Em 2017, um perfil no Twitter decidiu reunir algumas capas e notícias antigas que comprovam que o Brasil, quase 30 anos depois, continua dando um passo para frente e dois para trás.

O Twitter @capasderevistas foi criado pela bibliotecária Marília Neves, 28 anos, que também atua como analista de comunicação em uma agência de Brasília. Ela disse que a ideia surgiu porque gostava de postar capas antigas da Revista Nova em seu perfil pessoal, até que resolveu criar uma página só para isso.

Marília conta que a pesquisa, a princípio, era feita pelo Google Imagens, onde descobriu um mundo de blogs, acervos e repositórios de imagens repletos de capas e matérias antigas, mas nem tão datadas assim. Separamos 15 capas que poderiam facilmente ter sido lançadas em 2017:

1980

“Fustigados pelo vento moralizante que sopra do Planalto Central, os artistas e produtores cinematográficos decidiram reagir”

Diante das recentes censuras instigadas pelas alas mais conservadoras da população e da política, essa matéria poderia facilmente ter sido escrita em 2017.

19861986

Qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência.

19891989

“O Congresso na contramão” Trago más notícias…

19901990 (1)

Rio de Janeiro dos anos 90 ou Rio de Janeiro em 2017?

19901990

“e só uma reforma radical poderá salvá-lo”

19941994 (2)

Um povo que não conhece a sua história está condenado a repeti-la, certo?

19941994

Não é de hoje que se busca a origem da corrupção no país. As chances de acabar com ela, no entanto, parece já ter uma resposta…

19951995

“Hoje em dia tudo é racismo”
Lá em 1995 já era. Antes disso, também.

19971997 (2)

A compra de votos no Congresso não é nenhuma novidade.

19971997

Essa carinha poderia ter ficado em 1997, junto com essa manchete…

19991999 (2)

Diretamente de 1999.

19991999

“o político vai longe”
Mais precisamente até o presídio de Benfica.

20022002 (2)

A aliança entre peemedebistas e tucanos segue firme e forte em 2002. E em 2017.

20022002

Lenta, demorou 15 anos, mas chegou.

20072007

Alguém duvida que esse namoro era, na verdade, um relacionamento abusivo?

20102010

Juntinhos na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica.

20122012 (2)

Em 2017 precisamos. Mais ainda.

20122012

A pergunta que não quer calar.