Família que começou a desembolar pisca-pisca em julho corre para enfeitar árvore até o Natal

O natal na casa dos Peixoto está ameaçado. A família está desde julho deste ano desembolando pisca-piscas para tentar enfeitar a árvore de Natal da casa. Desde 2012, quando a família acabou ficando sem Natal por causa das luzes, começar a preparar a decoração com antecedência virou tradição.

“Em 2012 nós começamos a desenrolar os pisca-piscas no dia de montar a árvore, demoramos muito tempo para desembolar os fios e, quando percebemos, já era carnaval” relembra a mãe Martha Peixoto.

A família agora possui um cronograma em que os filhos ajudam a desembolar as luzes natalinas em junho, já os pais se encarregam de comprar panetones em setembro e o peru em outubro. Vinicius, o filho mais novo do casal, está desaparecido há duas semanas e a família desconfia que ele esteja perdido dentro do pisca-pisca embolado. O sumiço do filho não preocupa tanto quanto a possibilidade de ficar sem árvore até o natal.

“O Júnior vive desaparecendo mesmo, mas Natal só tem uma vez por ano, né?”, desabafou a mãe, preocupada com a aproximação dos festejos natalinos.

L.Lanna