Pedro Cardoso ultrapassa Luciano Huck em intenções de voto

Convidado do programa “Sem Censura”, da TV Brasil, na última quinta-feira, o ator Pedro Cardoso se recusou a falar sobre o lançamento de seu novo livro, discursou em defesa dos funcionários grevistas da instituição pública e abandonou o programa ao vivo. Ele ainda criticou o governo Temer e citou um post racista do presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Após o vídeo circular nas redes sociais, Pedro Cardoso ultrapassou Luciano Huck nas intenções de votos em 2018.

O apresentador Luciano Huck vem flertando com a possibilidade de se candidatar à presidência no ano que vem e, ontem, uma pesquisa do instituto Ipsos apontou que Huck teria 60% de aprovação pessoal entre os brasileiros, um salto de 17 pontos percentuais desde junho, quando seu nome foi inserido pela primeira vez na pesquisa. Dani Bananinha apareceu em segundo lugar. Maestro Billy em terceiro.

Com os dois nomes esquentando a disputa para 2018, uma batalha estaria sendo travada pelo apoio dos taxistas do país. Enquanto Pedro parece ter a simpatia dos amarelinhos graças ao seu papel em “A Grande Família”, Luciano afirma ter os direitos autorais dos taxistas por causa da música “Vou de Táxi”, de sua mulher Angélica. Motoristas da Uber não foram entrevistados por não conseguir chegar no destino final na hora marcada.

Veja o vídeo do momento em que Pedro Cardoso deixou o estúdio da TV Brasil: