Foto mostra manifestação contra filósofa Judith Butler feita por quem já leu sua obra

Manifestantes botaram fogo numa boneca da filósofa Judith Butler americana e gritaram palavras de ódio e repúdio às suas ideias, na porta do Sesc Pompeia, em São Paulo, onde a filosofa participou da abertura de um seminário. Judith Butler estuda, entre outros temas, questões de gênero, e por esse motivo grupos conservadores foram às redes sociais e pediram que o evento fosse cancelado.

Uma nova manifestação foi realizada hoje. Porém,dessa vez,  foi feita apenas por pessoas que já leram a obra da filósofa. Algumas imagens da manifestação circulam nas redes sociais:

O protesto também teve apoio no interior do estado:

Para evitar novas manifestações odiosas, Judith Butler afirmou que só participará de novos eventos realizados em livrarias ou bibliotecas, que não são locais conhecidos pelos manifestantes.