STF decide hoje se vídeo de Aécio explicando mala de R$2 mi representará Brasil no Oscar

Um recurso da Procuradoria-Geral da República pedido a prisão preventiva de Aécio Neves, pelo recebimento de R$ 2 milhões do grupo J&F a pessoas ligadas ao senador, será julgado hoje pela Primeira Turma do STF. Este é o terceiro pedido de prisão contra Aécio feito pela PGR e, nas mãos do STF, o vídeo em que Aécio garante não ter enriquecido na vida pública será analisado e poderá dar ao tucano, além da liberdade, a chance de representar o Brasil no Oscar.

“A atuação é digna do prêmio, a maquiagem está impecável e a iluminação deixa no chinelo grandes produções milionárias do cinema. Caso Aécio convença o STF, teremos um forte candidato ao Oscar 2018” é o que diz um profissional especializado do audiovisual nacional.

A defesa de Aécio garante que “o senador Aécio Neves foi, na verdade, vítima de uma grande e criminosa armação engendrada pelos senhores Joesley Batista e Ricardo Saud em busca dos benefícios de uma generosa delação”, o que, de acordo com outro grande nome do cinema nacional, dá o tom de drama e comédia necessários para que Aécio possa trazer a estatueta para casa.

Assista a performance do senador: