Wi-fi de Lula já conecta sozinho na sede da Justiça Federal em Curitiba

O ex-presidente Lula será interrogado pelo juiz Sérgio Moro, às 14h de hoje, na sede da Justiça Federal, em Curitiba. Esta é a quarta denúncia contra Lula em processos relacionados à Lava Jato e a acusação, dessa vez, é sobre um suposto pagamento de propina por parte da construtora Odebrecht na compra de um terreno para a construção da nova sede do Instituto Lula e na compra de um apartamento vizinho ao que o ex-presidente mora, em São Bernardo do Campo.

Ao chegar em Curitiba para o depoimento, no entanto, o que chamou a atenção foi que o celular de Lula já se conecta automaticamente ao wi-fi da sede da Justiça Federal. A senha teria sido passada para o petista porque “ele já passa tanto tempo em Curitiba, que assim fica mais fácil pra todo mundo”, disse um estagiário da sede.

O estagiário também conta que Lula já se sente tão em casa que abre a geladeira, coloca os pés no sofá e troca o canal da televisão sem pedir permissão. Próximo passo seria deixar uma escova de dentes no local.

Pela quantidade de tempo que Lula passa na sede, ele já estaria dividindo com o pessoal as contas de luz e água e, dependendo da variação no valor da conta de gás, ele deve fazer parte da divisão já nesse mês.