Presidentes do BRICS combinam de dar endereço de reunião errado a Temer para evitar sua presença

O presidente Michel Temer chegou ontem na China para uma visita de Estado. Temer participará da 9ª Cúpula do BRICS, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. 

Com legitimidade duvidosa em todo o mundo, Temer não parece ser bem-vindo pela liderança do BRICS. Na madrugada de quarta-feira, os outros líderes do grupo criaram um grupo no Whatsapp sem Temer e combinaram de dar o endereço errado para a reunião da cúpula.

“Um presidente suspeito de corrupção e eleito por golpe não pode participar de reuniões tão importantes. Mas o maior motivo de fazermos isso é não gostarmos dele mesmo”, dizia uma mensagem no grupo.

Como não podem evitar a presença de Temer sempre, os líderes do BRICS decidiram votar para que o presidente brasileiro seja classificado como “café com leite” dentro da cúpula nos próximos encontros.