Ao contrário de veículos, engavetamento de denúncias não incendeia o Brasil

30/07/2017- JACAREI , SP, BRASIL , Acidente envolvendo ao menos 36 veículos provocou um incendio e interdita completamente a rodovia Carvalho Pinto ao menos uma pessoa morreu, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) alem delas, os Bombeiros informaram que mais de 20 pessoas feridas foram socorridas. Foto: Corpo de Bombeiros

Um engavetamento de 34 carros numa rodovia de São Paulo deixou dois mortos e causou um incêndio imenso no local. Tragédia e caos que não se repetem quando o caso é do engavetamento das denúncias contra políticos brasileiros – caso do presidente Michel Temer e do Senador Aécio Neves, que já escaparam das mãos da Justiça mais de uma vez. “Impressionante como é absurdo atrás de absurdo, abuso atrás de abuso, mas ninguém se revolta além das redes sociais”, diz o cientista político Polímero de Freitas.

Não à toa alguns especialistas teimam de desconfiar que as autoridades estão botando Rivotril na água dos brasileiros. “Em especial na água dos habitantes do Estado do Rio de Janeiro”, diz Polímero. Ontem, na Alerj, a bancada governista derrubou o pacote de medidas de austeridade no estado. Não vai mais haver corte de 30% os salários do governador, do vice e dos secretários. As regalias e viagens de avião mesmo sem emergência serão mantidas. “Enquanto isso, os servidores e os aposentados do estado estão sem receber. É um milagre que o Palácio Guanabara ainda esteja de pé”, afirma o cientista político.