Após míssil norte-coreano, avião de temer sobrevoa Japão e país eleva alerta de risco

O teste com um míssil norte-coreano que sobrevoou o Japão no início desta terça-feira foi apenas o primeiro susto que os japoneses tiveram em seu espaço aéreo no dia de hoje.

Após o míssil intercontinental de Kim Jong Un passar por cima de uma área povoada de uma ilha ao norte do país, os japoneses entraram em nível de alerta e receberam orientações para buscar abrigo.

Mais tarde, foi a vez de outro alerta ainda mais forte. Tudo porque o avião presidencial da FAB que levava Michel Temer para a visita à China entrou no espaço aéreo japonês.

“Temos mais medo dele do que de uma bomba atômica”, disse um cidadão de Hiroshima. “Temos acompanhado o noticiário e visto o que ele conseguiu fazer com o Brasil em tão pouco tempo. O local onde a bomba atingiu Hiroshima pode ser habitado após 50 anos. Não sabemos se o mesmo vai acontecer com o Brasil após o presidente Temer.”

M Zorzanelli