Anatel cobra que operadoras mudem suas tecnologias para sistema de corvos de GoT

A rapidez com que uma mensagem foi enviada através de um corvo no último episódio de Game of Thrones causou revolta e fez com que os serviços de telecomunicações do mundo inteiro fossem colocados à prova.

Jon Snow, cercado pelos White Walkers, enviou um pedido de ajuda à Daenerys e seus dragões, mas o pedido de socorro levou apenas duas cenas para ser entregue, um tempo que quebrou recordes e deixou no chinelo até mesmo o 4G mais rápido do Brasil.

Após a exibição do episódio, a Anatel decidiu que as operadoras de telefonia móvel do Brasil devem atualizar suas tecnologias para o mesmo sistema de corvos que é encontrado em Westeros. Usuários brasileiros agradecem e acreditam que a decisão deve tornar o serviço prestado no Brasil muito mais rápido e eficiente.

“Sabemos das dificuldades encontradas no sistema brasileiro, mas se o de Westeros evoluiu tanto ao ponto de os corvos levarem só duas cenas para enviar uma mensagem, o que antes levava uma temporada inteira. Acreditamos que o tempo poderá aperfeiçoar o serviço por aqui também” disse a Anatel em comunicado oficial.

As operadoras brasileiras estão com medo, pois a decisão começa a valer já nesta segunda-feira. De acordo com fontes internas, uma das operadoras entrou em contato com hackers americanos para que eles vazem as informações necessárias para que a tecnologia seja implementada. Os chips deverão ser substituídos por corvos até às 18h.