Especialista afirma que os primeiros 31 dias de agosto são os piores, depois melhora

O mês de agosto, conhecido popularmente como “mês do desgosto” e famoso por causar a sensação de ser mais longo que o normal, chegou. Só na manhã de hoje, o número de antidepressivos vendidos subiu cerca de 32% em todo o mundo e a ligação é direta com o ingrato mês. Um especialista, no entanto, revelou que apenas os primeiros 31 dias do mês de agosto são os piores, depois disso as coisas melhoram.

Agosto possui a difícil missão de substituir julho no calendário ocidental. Além de carregar o peso de trazer o fim das férias de verão e encerrar de vez o período de festas juninas e julinas, agosto ainda abriga em si os signos de leão e virgem. Uma combinação perigosa e, por isso, tão odiada.

“Realmente não temos como defender esse mês. É só desgraça. Sem falar que mês que vem tem feriado e esse não. Então decidimos trazer conforto para a população e, através de dados concretos e muito embasamento científico, nosso estudo mostra que se você aguentar firme os 31 primeiros dias do mês, depois fica melhor” disse Agostinho Lopes, coordenador da pesquisa.