As 10 melhores (ou piores) tatuagens da baiana que só faz tatuagens ‘malfeitonas’

Sim, é isso mesmo. Uma tatuadora baiana ganhou as manchetes dos principais jornais do país por ser péssima. Ou não muito convencional, vamos dizer assim. Helen Fernandes, de 26 anos, diz que não sabe desenhar e chama seu serviço de “peba”, uma expressão regional que quer dizer “sem qualidade”. A tatuadora sincerona ganhou fãs e trabalha profissionalmente desde março. Há um mês ela divide um estúdio com outras sete profissionais, todas mulheres e já fez cerca de 50 tatuagens.

Helen geralmente leva para a pele das pessoas os desenhos que ela mesma cria ou de ideias trazidas pelos próprios clientes e o preço mínimo é de R$ 100, podendo haver um descontinho amigo se o cliente fizer mais de uma tatuagem. Como os clientes procuram Helen já sabendo o tipo de serviço que ela presta, não há frustrações e todo mundo sai sempre satisfeito. “Peba”, mas divertido. Até parece notícia do Sensacionalista, mas não é.

Chega de papo. Vamos às 10 melhores (ou seriam piores?) tatuagens malfeitonas da tatuadora sincera.

07

Tudo começou nesse morcego aqui. #failtattoo

01

O Dollynho quase conseguiu ficar tão assustador quanto o personagem real, que aparece no comercial da RedeTV!.

02

Perceba os detalhes.

03

Olha a felicidade dessa estrela!

04

E as legendas da Helen também são obras de arte.

05

O famigerado gato de chifres. Veja o desespero no olhar do bichano.

06

#Sonserina.

08

Reclamar dos clientes adultos, que não têm tempo durante a semana e precisam marcar no fim de semana, fazendo com que Helen não possa ir à praia? Sim, você encontra isso no Instagram dela também.

09

Timão e Pumba. Ou pelo menos o que sobrou deles.

10

Monica to fora, pego minha Inbonha e vou embora!

Para seguir ou tentar ter sua própria Malfeitona, dá uma olhada no Instagram da Helen clicando aqui.

@rodpocket