Bandeira de Mello esbarra com Neymar a caminho de Paris e contrata o atacante

Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, acaba de contratar um novo reforço para o clube carioca. Neymar Jr., atacante do Barcelona, estava no aeroporto de Orly, na França, a caminho de Paris, onde fecharia com o gigante Paris Saint-Germain, quando esbarrou com o presidente rubro-negro enquanto pegava a mala na esteira. Uma rápida troca de olhares foi o bastante para que o contrato fosse firmado. O pagamento foi feito com as malas que Bandeira de Mello pegou na esteira, todas cheias de euros.

“Foi mais forte que eu”, afirmou Neymar em coletiva realizada ainda no saguão do aeroporto. “Eu sempre tive o sonho de jogar no Flamengo, mas meus sonhos são muito caros e o clube não tinha condições de pagar”, disse o jogador, que usará o valor de uma das malas de dinheiro que recebeu para quitar o excesso de bagagem provocado pelas outras 19 malas de dinheiro que trará no voo para o Rio de Janeiro.

E não foi só o dinheiro que pesou nas negociações. “O acordo incluiu uma cobertura triplex pertinho do Projac, onde o jogador tentará reatar com Bruna Marquezine pela terceira vez e pedir música do parça Thiaguinho no Fantástico”, disse Bandeira de Mello. O presidente mostrou-se bastante animado com o reforço, que, por enquanto, será reserva do peruano Paolo Guerrero. “É mais uma prova de que a diretoria trabalha duro o tempo inteiro para dar para o Márcio Araújo o time que ele merece”, afirmou.

Bandeira de Mello não voltará para o Rio de Janeiro com Neymar, já que estava em Paris para fazer negócios. A missão principal do cartola rubro-negro na capital francesa é comprar o clube Paris Saint-Germain do milionário catari Nasser Al-Khelaifi e transformá-lo em Flamengô, a nova potência do campeonato francês.