Aplicativo que apaga fotos com Aécio de redes sociais é febre entre celebridades

Após ser flagrado em gravações onde pedia R$ 2 milhões em propina, Aécio Neves achou que seu dia não poderia ficar ainda pior. Errou. Logo após o escândalo, amigos e apoiadores de Aécio foram flagrados apagando fotos com o senador das redes sociais. O primeiro flagra aconteceu na conta oficial no Instagram do apresentador Luciano Huck. Vendo uma oportunidade de mercado, dois jovens cariocas criaram um aplicativo que promete atender a enorme demanda.

O app que, ainda não possui um nome oficial, está sendo chamado de AéSOS pelos desenvolvedores e deve estar disponível para Android e iOS até o fim do dia. Celebridades como Ronaldo, Bernardinho, Ana Paula do Vôlei, Zezé Di Camargo e outros que aparecem em vídeos na época da campanha de Aécio, já demonstraram interesse, inclusive em financiar o projeto.

Veja o vídeo com algumas das celebridades:

Correndo o risco de ser preso ainda hoje, o senador postou algumas indiretas nas redes sociais, como “os verdadeiros nós sabemos quem são” e “visitar em Ipanema é fácil, quero ver ir na Papuda”.