CarnaLula pode ser adiado em Curitiba

Os advogados de Lula pediram o adiamento da audiência, marcada para amanhã, em Curitiba, em que o ex-presidente irá depor ao juiz Sérgio Moro sobre o tríplex no Guarujá. A defesa afirma que não teve tempo para analisar parte dos documentos que foram apresentados pela Petrobras na última terça-feira e que os arquivos anexados possuem cinco mil documentos e cem mil páginas. Os documentos foram solicitados pela defesa em outubro de 2016. Ainda sem resposta, o CarnaLula poderá ser adiado.

Uma juíza do Paraná, tentando manter a ordem do evento, proibiu acampamentos nas vésperas da audiência, mas a decisão foi derrubada. Ambulantes já se dirigem para o local e o preço do latão de Antárctica é tabelado, três por R$10. Os valores dos abadás para ver Lula e Moro no trio ainda não foram divulgados, mas devem aparecer nas próximas delações. As negociações com Claudia Leitte, Preta Gil e Ivete Sangalo ainda estão em andamento e todo o planejamento deve ser mantido.

“Adiar a audiência, além de ir contra o direito do brasileiro de transformar tudo em Carnaval, poderá causar inúmeros prejuízos para a população, que já se programou para o evento. Eu encomendei centenas de quilos de glitter, brigadeiros mágicos e confecções de máscaras dos dois lados. Quem vai pagar o pato?” conta um dos organizadores do Curral VIP.

Estima-se que, caso cancelado em Curitiba, o evento seja transferido para Salvador.