Os 12 vídeos mais apelativos que os youtubers brasileiros já fizeram para aparecer

A internet mudou a forma de se consumir conteúdo, quebrou o monopólio das emissoras de TV e democratizou a criação e o consumo do conteúdo. Você produz o que quiser e assiste ao que quiser. Essa democratização da produção e consumo de conteúdo, no entanto, fez com que o Youtube brasileiro entrasse em um período sombrio.

Vídeos trollando pessoas, que normalmente não passam de vídeos fazendo alguém sofrer de alguma forma, alguns desafios perigosos ou até mesmo vídeos fazendo coisas completamente estúpidas e sem sentido com o puro intuito de garantir alguns likes, se tornaram febre e são os vídeos mais vistos na plataforma.

A página “O Brasil Que Deu Certo” chegou a criar uma campanha, chamada #NãoDêViewParaVideoCretino, com intuito de desestimular a produção desse tipo de conteúdo. No entanto, não parece ter funcionado.

Veja os 12 vídeos mais escrotos, absurdos e apelativos que os youtubers brasileiros já fizeram para aparecer:

01

Você deve estar familiarizado com o sobrenome Neto no Youtube. Luccas é o irmão do Felipe Neto e, em seu canal, você encontra vídeos com o ele tomando banho em uma banheira com 80kg de Nutella ou em uma piscina de maionese com sua namorada. Vídeos de Luccas se aventurando na cozinha e fazendo um nugget, um brigadeiro e uma paçoca gigantes somam 10 milhões de visualizações. Além das críticas sobre o desperdício, pelo menos Luccas não envolve outras pessoas na hora de passar vergonha online. Diferente do vídeo abaixo…

02

As Trollagens talvez sejam a forma mais cretina de se conseguir visualizações. Normalmente envolve alguém da família que, na maioria das vezes, não faz ideia do que está acontecendo.  Acordar a namorada “mijando” em sua cabeça, por exemplo, pareceu ser uma boa ideia. Ok, dos males o menor. Acordar com xixi é bem melhor do que ter o cabelo raspado por likes, certo?

03

Pelo menos a namorada do Luka1 deve concordar com isso. Por 250 mil visualizações, a namorada teve a nuca raspada enquanto dormia. Apesar da glamorizarão da profissão youtuber, acredite, 250 mil visualizações não pagam um aplique de cabelo.

12

E falando em cabelo, essas duas irmãs já são velhas conhecidas na “arte” de trollar a mãe. Depois de fingir que uma delas era lésbica, gerando uma reação completamente desproporcional e muito criticada na internet, elas decidiram que cortar o cabelo da mãe enquanto dormia, seria uma boa ideia. Não foi uma boa ideia. A mãe surtou (com razão), ameaçou matar todo mundo e quebrou uma televisão. Vai entender…

04

E falando em mãe…

Imagine você, mãe, chegando em casa após um cansativo dia de trabalho e encontrar seu quarto completamente coberto com silver tape… Essa fita que, para quem não sabe, possui uma super cola, estragou a parede do quarto e espalhou um cheiro nada agradável, além de tóxico, no quarto da mãe. Ser mãe de youtuber deveria ser considerada uma profissão insalubre.

05

Não são as mães que sofrem, os pais também são alvo. Talvez ter a bunda colada na privada com Super Bonder, tomar laxante e ser surpreendido por uma câmera em seu momento no banheiro, além de uma cortina de fumaça de extintor de incêndio, pode ser um pouco pior que ter o quarto destruído, né?

06

Falando em Super Bonder… Por favor, não repitam isso em casa.

Uma obsessão dos youtubers brasileiros é a boca. Essa sequência de quatro vídeos vai provar isso:

07

Estamos aqui pensando no que pode dar errado ao arrancar um dente com um alicate e nos veio, pelo menos, 10 ideias diferentes na cabeça.

11

Crê em Deus pai todo poderoso.

09

Furar a língua com um PREGO? Mais um dia normal no Youtube.

10

Esse vídeo. Não assista esse vídeo. A ideia deu miseravelmente errado e jorrou sangue para todo lado. Dá até pena. Eu acho…

08

E que tal acordar um dia e resolver ser picado por uma cobra? Sinceramente a gente não duvida de mais nada.

Sensacionalista em vídeo

Inscreva-se no nosso canal e não perca mais nenhum vídeo