Juiz do Fla x Flu diz que não comemorou gol porque todo juiz no Brasil é imparcial

Com uma virada já no finalzinho do jogo, o Flamengo garantiu seu 34º título carioca neste domingo, no Maracanã, vencendo o Fluminense por 2 a 1. Na final do Campeonato Carioca, o Flamengo, que precisava apenas de um empate, virou aos 50 minutos do segundo tempo e até o juiz comemorou. Pelo menos é isso que a internet está dizendo.

Um vídeo com um gesto suspeito do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães levantou suspeitas de sua imparcialidade e viralizou na internet. É possível vê-lo fazendo um movimento com as mãos que, para os tricolores, parecia muito com uma comemoração.

Após a acusação, o juiz Sérgio Moro saiu em defesa de Wagner.

“Não é que o juiz tenha mostrado que tem um lado ao comemorar, é que o adversário do juiz está do lado errado, que não é o do juiz”, disse Moro.

“E se o juiz quiser se candidatar à vaga de centro-avante do time campeão na temporada seguinte?  No Direito não há impedimento. Agora que até o Gilmar Mendes entrou no Twitter, considero que Wagner está seguindo o espírito de seu tempo”

Veja o vídeo: