Fazer perguntas no Facebook em vez de pesquisar no Google é sinal de carência, diz especialista

O Facebook, maior rede social do mundo, revelou dados de uma recente pesquisa na tarde de hoje. Em parceira com a Google, a pesquisa mostrou que a única explicação para pessoas que fazem perguntas em seu Facebook em vez de fazer as mesmas perguntas no Google, é a carência extrema.

A teoria anterior era de que a pessoa seria apenas preguiçosa, mas como 99% dos posts desse tipo não são respondidos ou são respondidos com memes e piadas, sem sanar a dúvida do usuário, a teoria foi descartada.

“Em alguns casos a pessoa nem sequer precisa de uma resposta, ela só quer chamar atenção mesmo” contou Mark Zuckerberg, CEO do Facebook.

Já que o tempo utilizado para fazer as perguntas no Facebook é o mesmo utilizado para fazê-las no Google, a rede social pretende punir seus usuários para evitar a enorme quantidade de perguntas desnecessárias enchendo seus servidores.

“Usuários que teimarem em continuar utilizando minha rede social dessa forma serão banidos da rede social. Para voltar é muito simples,uma breve pesquisa no Google revelará um tutorial. Como aparentemente eles não sabem fazer isso, devem ficar de fora do Facebook por tempo indeterminado” diz o aviso.