Estado Islâmico assume responsabilidade por presidência de Donald Trump

Após uma complicada semana, o Estado Islâmico resolveu reivindicar um dentre os atentados que aconteceram em diversas partes do mundo desde segunda-feira. Entre as bombas em um metrô na Rússia, o ataque químico na Síria e o caminhão que atropelou diversas pessoas em Estocolmo, o grupo assumiu a responsabilidade pelo que, de acordo com eles, foi o mais perigoso de todos: a presidência de Donald Trump.

Um vídeo postado pelo grupo diz que Trump lançar mais de 50 mísseis contra a Síria seria um golpe de mestre e eles estão muito orgulhosos.

“Esse era o momento que todos esperávamos. Todo o mandato de Trump tem sido um ato terrorista até aqui e assumimos responsabilidade por tudo. Achamos meio cruel e pesado demais ele decidir lançar mísseis com o intuito de salvar os sírios do gás químico, mas tudo bem, podemos trabalhar melhor para o próximo atentado” disse Ahmed Alamahad.

Ahmed ainda revelou que Trump ganhou um retrato de funcionário do mês em sua caverna na Síria por seu excelente trabalho em matar mais civis em um atentado do que eles seriam capazes em meses.

“Está fazendo mais mal aos americanos do que nós jamais sonharíamos” finaliza o vídeo.