Hacker que chantageou Marcela invade sites de notícias para mudar foto que está sendo usada

A polícia civil realizou uma operação para prender o hacker Silvonei José de Jesus Souza, que roubou dados privados do celular de Marcela Temer no ano passado. Em abril de 2016, o hacker ameaçou divulgar um áudio de WhatsApp de Marcela caso não recebesse 300 mil reais. Na ocasião, Michel Temer era vice de Dilma e o impeachment ainda seria votado.

A notícia da prisão teve repercussão na mídia brasileira e uma foto de Silvonei com bigode de gatinho pintado no rosto vem sendo usada para ilustrar as matérias no jornais.

Envergonhado com a foto constrangedora que está sendo exposta para todo o país, o hacker decidiu usar seus conhecimentos para invadir os portais de notícias e mudar a foto que está sendo usada.

“É um absurdo que alguém que tenha invadido o celular da primeira-dama, tenha ganhado destaque no noticiário político do país seja apresentado para a população com uma foto constrangedora dessas”, teria dito o hacker em um fórum na Deep Web.

Mesmo preso, Silvonei agora pretende chantagear outras pessoas ameançado enviar nudes de Temer que teria achado no celular de Marcela.