10 notícias que provam o quanto o feminismo é necessário

“Mães que trabalham seriam responsáveis por sobrepeso e obesidade dos filhos, diz pesquisa”. Uma corrente da psicanálise afirma que a culpa é sempre da mãe. Será? No caso da criação de filhos, onde estão os pais? Uma notícia como esta não só exime homens de culpa na criação dos filhos como joga um peso forte na emancipação feminina. Em 2017, a mulher trabalhar fora ainda é motivo único de desequilíbrio das questões domésticas?

Uma pequena passada de olhos no noticiário mostra o quanto o movimento feminista é importante. E o quanto muita gente está desinformada sobre ele, entendendo como “feministas” mulheres radicais que são “contra homens” ou coisa parecida.

Segue a lista:

obesidade

As reticências no final talvez indiquem que nem o jornal levou essa pesquisa muito a sério.

salarios

A desigualdade salarial entre homens e mulheres na mesma função quase não reduz com o passar dos anos.

engravida

E tem gente que coloca mais lenha na fogueira, sempre na lógica machista (e são sempre os mesmos).

sem filhos

E até as mulheres que não querem ter filhos – seja pelo motivo que for – se sentem culpadas com a pressão da sociedade para que sigam o padrão.

afazeres

Mas, quando elas têm filhos e uma casa, vivem as múltiplas jornadas. A maioria dos homens, quando faz alguma coisa, considera “ajuda” e não divisão da responsabilidade.

violencia

E, se existe violência, a culpa é dela também.

estupro

Aliás, existe alguma coisa que não seja culpa da mulher?

roupa curta

Quase um quarto de homens (e o pior, de mulheres também) querem ditar o comportamento feminino.

sem namorado

As novas gerações parecem repetir os conceitos de seus pais e avôs.

casar

E a mídia ainda reforça a ideia da “bela, recatada e do lar”.

Mas o pior é ver as próprias mulheres bradando contra o feminismo. Por machismo,  ignorância, falta de interpretação de texto ou medo de perder aquilo que equivocadamente construíram.

Como assim não tem piada neste post? Tem certeza de que leu as manchetes acima?

Sensacionalista em vídeo

Inscreva-se no nosso canal e não perca mais nenhum vídeo