Noites em claro na Casa Branca: avô imigrante ilegal de Trump está puxando seu pé

Uma semana depois das saída dos Obama, a Casa Branca tem vivido uma rotina muito diferente. Especialmente de madrugada. De acordo com fontes locais, o presidente Trump tem andado pelos corredores da mansão mais poderosa do mundo de roupão e chinelos durante muitas horas antes do amanhecer. E confessou o motivo a um assessor: tem sido assombrado pelo espírito de seu avô paterno, Frederick Trump, um alemão que imigrou ilegalmente para os Estados Unidos em 1869, para fugir da convocação do exército.

Segundo um assessor, o avô estaria puxando o pé do neto presidente todas as noites, inconformado com suas decisões contrárias os imigrantes ilegais que chegam aos Estados Unidos. “A primeira-dama só não passou a dormir em outro quarto porque já dormia mesmo”, diz.

Frederick Trump, que depois ficou milionário, veio para os EUA com a família quando tinha apenas 16 anos. Foi para Nova York e começou a trabalhar numa barbearia. Por isso mesmo também puxa o pé do neto por estar chocado com seu cabelo.