Copa do Mundo terá 48 seleções e FIFA deve ultrapassar MEC em ensino de geografia no Brasil

​A FIFA confirmou hoje uma expansão na Copa do Mundo. A partir da edição de 2026, a Copa terá 48 seleções, 16 a mais do que no atual formato com 32 seleções que vigorava desde 1998.

Com a mudança, a competição terá mais países participando e se tornando alvos de curiosidade do público. De acordo com um estudo ligado ao PISA, a FIFA deverá constribuir mais com o ensino de geografia no Brasil que o próprio MEC.

Leia também:  Atacante colombiano fala palavrão ao vivo e ganha cidadania brasileira imediatamente

“A gente sabe que, por ter um ensino público muito ruim, os brasileiros só conhecem países diferentes pela Copa do Mundo. Com a ampliação do número de participantes, deverá ser observado um maior conhecimento em geografia no país”, disse Arnaldo Gonçalves Ribeiro, especialista em educação e cultura.

Alguns críticos da mudança acusam a FIFA de aumentar o número de seleções na Copa do Mundo apenas para vender mais figurinhas do álbum da Copa.

Sensacionalista em vídeo