O prefeito eleito de São Paulo, João Doria Jr., divulgou hoje o desenho das novas faixas que implementará nas marginais Pinheiros e Tietê a partir de primeiro de janeiro. A principal plataforma do governo de Doria era aumentar a velocidade nas pistas.

O desenho, no entanto, deixou o paulistano intrigado: na faixa local, mas só para veículos leves, uma faixa será dividida em duas, mas sem divisão real, com limites de 50 e 60 km/h. “Nunca vi uma coisa mais feia. Mas ao mesmo tempo me parece familiar. Parece o desenho de alguém que eu já vi”, disse o comerciário Gilberto Amendola.

Doria admitiu que o desenho das novas faixas foi feito pelo amigo Romero Britto. “Em breve, vamos mandar para aprovação na Câmara a nova bandeira da cidade, com vários gatinhos cheios de coraçõezinhos dentro e aquele inconfundível traço preto que parece que alguém teve um AVC com o Corel Draw aberto”, disse.

Segundo projeção da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o paulistano vai levar mais tempo tentando entender novas velocidades do que no engarrafamento. Muitas pessoas já estão buscando um segundo emprego para pagar as multas dos novos limites confusos nas marginais.

M Zorzanelli