Depois da Black Friday, brasileiros experimentam a Red Monday

Após o comércio importar o conceito de Black Friday para o Brasil, chegou a vez dos bancos importarem outro conceito: a Red Monday. A “segunda no vermelho” consiste em ficar com o saldo negativo no banco depois de ter gasto todo o seu dinheiro na Black Friday. Mais de 100 milhões de brasileiros aderiram, transformando essa na Red Monday mais forte registrada até hoje no país.

Diferente da Black Friday, que ficou famosa por mentir na hora de dar descontos, a Red Monday comprovadamente funcionou 100% das vezes, afirmou o especialista Pedro Fernandes.

“O brasileiro ama trazer para o Brasil qualquer coisa que venha de fora. Seja O Halloween, a manifestação pró-Trump na paulista, um iPhone, a Black Friday e agora a Red Monday. Para o Natal, por exemplo, já existe um projeto que pretende importar neve. Já para 2018, Bolsonaro Presidente cresce para acompanhar os padrões norte-americanos. A globalização veio mesmo para ficar” explicou Fernandes.

Ainda dá tempo de participar da Red Monday em todo o país e economistas garantem que muitas pessoas estão participando sem nem saber e seu real impacto só poderá ser medido no mês que vem, quando chegar a fatura do cartão de crédito.