Uma simpática postagem de uma mãe preocupada em arrumar uma namorada para o filho viralizou na Internet, alcançou mais 30 mil curtidas em um pouco mais de 24 horas, e resultou em mais de mil pedidos de namoro. Com bom humor, a mãe diz querer que ele se case para que ela possa usar o banheiro, o computador, o carro e a televisão “em paz”.

Inspirado pelo sucesso da publicação de Elika Takimoto, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), preocupado com a impopularidade dos três filhos, decidiu fazer o mesmo e anunciou Eduardo, Flávio e Carlos em sua página no Facebook. Mas após dois dias, Bolsonaro conseguiu o total de zero curtida em sua postagem, um fracasso retumbante que o deixou muito abatido.

“Eu queria mostrar ao mundo as qualidades dos meninos. Falei que são machões típicos, contei sobre seus pensamentos sobre os direitos humanos para a bandidagem, coisas singelas que tocassem o coração das pessoas. Mas existe mais romantismo e a postagem só recebeu críticas. Não entendo isso”, comentou o deputado, desolado.

Mas Bolsonaro não desistiu da tarefa de fazer de seu trio o “queridinho das redes sociais”. O deputado já abriu conta no Tinder, Happn, Badoo, Twitter e pretende lançar uma nova plataforma onde será terminantemente proibido falar mal de seus filhos. “Criamos uma ferramenta que transforma críticas em elogios. Meus filhotes vão brilhar nessa”, garante o deputado.