Depois da lipoaspiração, do botox e do SuperPOP, outra praga atinge as subcelebridades brasileiras: a bichectomia. A cirurgia de bichectomia consiste em retirar o tecido que dá volume às bochechas, a chamada bola ou gordura de bichat, com a finalidade de reduzí-las e, consequentemente, afinar o rosto. Em outras palavras, a pessoa que faz a cirurgia deixa rosto, maxilar e bochechas com o formato semelhante ao da Angelina Jolie, porém sem a parte em que você se torna uma das mulheres mais famosas e cobiçadas do mundo.

Uma pesquisa feita pelo NuPAL (Núcleo de Pesquisas da América Latina) mostrou que 98% das nossas subcelebridades já aderiram à cirurgia. O crescimento meteórico no número de adeptas fez com que o tema fosse levado ao XV Congresso de Subcelebridades Brasileiras, que aconteceu nessa semana na porta do estúdio onde será gravada a próxima temporada de “A Fazenda”.

Entre palestras e workshops sobre os temas “o tom exato de Cor&Tom para se tornar a próxima loura misteriosa”, “selfie na praia com legenda inspiradora” e “os 15 minutos de fama podem virar 25 – por Geisy Arruda”, uma polêmica foi levantada: não fazer a bichectomia poderá rebaixar nossas subcelebridades ao status de subsubcelebridades.

A notícia não agradou algumas das presentes que saíram indignadas do congresso, mas diretamente para o consultório de seus cirurgiões. O Dr. Pedro Moraes, um dos cirurgiões brasileiros mais renomados na realização da bichectomia alertou que a demanda fez com que ele precisasse atender de segunda a segunda e sua agenda está lotada até novembro.

“Não possuo mais nenhum horário até novembro. Elas chegam aqui gritando, dizendo que fizeram ‘Os Mutantes’ ou que já apareceram no ‘Ego’, como se isso fosse abrir alguma porta mágica. Infelizmente as ex-BBBs e mulheres frutas chegaram primeiro” desabafou o doutor.

Uma das garotas presente no congresso e que não quis se identificar, negou-se a realizar o procedimento:

“Eu não batalhei tão duro para alcançar o status de sub para, do nada, ser rebaixada a subsub. Estou organizando um protesto nu em frente ao congresso para lutar pelos meus direitos” afirmou.