Linguistas fazem reunião emergencial para tentar entender frase ‘corruptos, mas íntegros’ em cartaz

Um cartaz fotografado por um morador de Brasília, no último sábado, causou polêmica nas redes sociais. A mensagem do cartaz tinha como objetivo convocar pessoas para uma manifestação a favor do impeachment que ocorreu no domingo, e fazia uma defesa a Temer e Cunha com a frase “corruptos, mas íntegros”.

Após verem o cartaz, vários linguistas brasileiros marcaram uma reunião de emergência para tentar decifrar o sentido da contraditória frase. “É realmente muito complicado tentar entender como alguém pode ser corrupto e íntegro ao mesmo tempo. Inclusive, um dos sinônimos de íntegro é justamente honesto”, disse Ademar Guimarães, responsável pela convocação da reunião emergencial.

Quem também viu o cartaz foi o presidente interino Michel Temer, que gostou tanto da frase quanto havia gostado da “não pense em crise, trabalhe” que também viu na rua. Temer disse que pretende colocar a frase “corrupto, mas íntegro”, com uma foto sua, em outdoors por todo o Brasil.

Bruno Machado

Sensacionalista em vídeo

Inscreva-se no nosso canal e não perca mais nenhum vídeo