Sozinho ao centro de uma grande mesa (foto), Eduardo Cunha encenou ontem em Brasília o episódio bíblico da Última Ceia. Mas por falta de seguidores, a ceia acabou sendo reproduzida apenas com a presença de Judas Escariotes.

Cunha marcou a representação da Última Ceia no Congresso, mas como lá ninguém é santo, ninguém apareceu para participar da montagem.

Procurado por nossa reportagem, Jesus Cristo não quis se aprofundar na discussão. Mas questionado sobre sua ausência na ceia de Eduardo Cunha, Jesus apenas declarou: “não me representa”.