Ufa! Depois de 500 mil anos, uma revelação faz com que tudo que vem acontecendo tenha algum sentido: o ser humano era uma campanha viral de Deus – a exemplo do outdoor contra os “privilégios de deficientes” de Curitiba ou do vídeo da grávida australiana que dizia procurar o pai de seu filho, mas queria mesmo era promover a cidade de Mooloolaba.

O ser humano, que se corrompe, estupra, tortura, mata dezenas ou milhares de uma vez só, é preconceituoso até o último fio de cabelo – e também que manda mensagem ridículas de auto-ajuda no Facebook e acelera no trânsito só para não dar passagem pro outro carro – era apenas uma invenção publicitária de Deus.

A revelação, encontrada dentro de um biscoito chinês na cidade croata de Hum (que é a menor cidade do mundo, com apenas 28 habitantes) foi encarada pelos teólogos como um indício de que o ser humano está com os dias contados. Resta saber o que exatamente Deus quis promover com essa pegadinha.