Pouca gente sabe, mas existe um grupo de cientistas no mundo que é especializado em inventos espírito-de-porco. Eles ficam atrás dos maiores prazeres dos seres humanos e escolhem um para fazer algo como um produto semelhante, mas sem a essência do que dá prazer. Primeiro, a cerveja sem álcool. Agora o plástico-bolha que não estoura.

“É uma missão muito especial”, argumenta o coordenador do grupo, John Silvester. “Somos um grupo que sofreu bullying na infância e agora, adultos e bem sucedidos, nos especializamos em fazer do mundo um lugar pior para se viver”, diz.

O grupo agora trabalha em mais duas frentes: o ovomaltine que não é crocante e o craque de futebol que não faz gols.