Um levantamento inédito mostrou que a casais perdem mais tempo hoje na fila de restaurantes do que a duração do namoro. Alguns casais chegam até mesmo a se separar e voltar enquanto aguardam na fila. “Tivemos casos de pessoas que chegaram a ter filhos enquanto aguardavam”, disse um gerente de restaurante.


Alguns casos são curiosos. Uma mulher no Rio se recusou a ir a um motel com o namorado. “Fila por fila eu prefiro o Outback”, disse ela. Em São Paulo, começaram a se formar hoje grandes filas para o dia dos namorados. Do ano que vem.