Seu avião chegou e você tem pressa de deixar o aeroporto – esteja a passeio ou trabalho. Então você passa a frente de outros passageiros no caminho da esteira, quase tropeça na escada rolante e corre até a devolucão das bagagens para poder ficar bem perto da esteira. Fica ali por 10, 15, 30 minutos, ou mais, disputando cada espacinho com seu carrinho.

Pois cientistas da Universidade de Connecticut, depois de dez anos de intensas pesquisas, comprovaram: fazer tudo isso não adianta, em nada, a chegada das bagagens.

“É um fenômeno bem parecido com o do embarque dos passageiros no avião, quando as pessoas fazem fila, esquecendo que os lugares são marcados”, diz Louis Fischer, antropólogo e chefe do estudo. “Ou seja: um pensamento condicionado – e absolutamente idiota”.

A partir de R$ 5 mensais você pode ajudar o Sensacionalista a pagar as suas despesas e fazer muito mais. Saiba como participar do nosso grupo de reunião de pauta no Telegram e acessar notícias exclusivas. Clique aqui e assine