O deputado Jair Bolsonaro é mais uma vítima do preconceito. Jair foi segregado pelo também deputado Jean Willys que se recusou a sentar ao seu lado em um voo. Ficou claro que houve preconceito por causa da condição anencéfala de Bolsonaro. Numa demonstração de intolerância, Willys se recusou a sentar ao lado do descerebrado Jair que filmou toda a situação e publicou nas redes sociais.

Milhares de eleitores, na mesma condição de Bolsonaro, repudiaram a atitude preconceituosa do deputado do PSOL. No Twitter e no Facebook, os fãs do “Bolsomito” compartilharam a hashtag de apoio #somostodossemcérebro