Três dias após ter sido morto por soldados no Morro do Gólgota, o carpinteiro Jesus reapareceu vivo para seus amigos e familiares e chocou os moradores da comunidade Nazaré. 

Após ter sido preso sob alegação de subversão da ordem pública. Jesus foi executado junto com outros criminosos na frente de várias testemunhas. Há relatos de que o carpinteiro de 33 anos tenha sido violentamente torturado pelos soldados até a morte. 

O retorno repentino de Jesus causou comoção na região e a população local diz se tratar de um milagre. Procurado pela nossa reportagem para uma foto que comprovasse sua volta do mundo dos mortos, Jesus declarou: “bem aventurados os que não viram e creram”.

L.Lanna