O Instituto de Pesquisa da América Latina, Instituto Nupal, foi às ruas perguntar sobre a afeição das pessoas pelo wi fi. O resultado é surpreendente: bem mais da metade delas já ama mais ter wi fi do que os pais, irmãos, avós ou tios. “Minha avó não serve pra nada. Já o wi fi me coloca de cara pro mundo”, explica o adolescente F. S., 16 anos, um dos entrevistados do estudo.

Agora o instituto Nupal prepara uma outra entrevista. Quer saber se as pessoas já gostam mais de ficar no whatsapp ou de fazer sexo. Uma nova surpresa é esperada.