O turco Melek Nasalet fala em entrevista exclusiva sobre como é ser o homem com o maior nariz do mundo:

S: Quando o senhor descobriu que tinha um nariz realmente campeão?

M: Foi ainda na escola, eu ganhava as olimpíadas escolares porque, nas provas de corrida, meu nariz sempre chegava primeiro que todo mundo.

S: Então seu nariz não atrapalhou sua infância?

M: Às vezes atrapalhava, as outras crianças me colocavam apelidos como aspirador de pó, simulavam morte por asfixia alegando que eu havia consumido todo o ar e faziam bolas imensas de cola branca e diziam que eram melecas saídas de meu nariz.


S: Mas o senhor nunca pensou em fazer uma cirurgia para a redução de nariz?

M: Até pensei, mas conheci minha esposa e ela disse gostar muito do meu nariz e falou que é bastante favorável nas relações sexuais.

S: Há, também, cuidados médicos especiais?

M: Deveria, mas os médicos querem me cobrar muito mais caro, alegando que minha consulta deveria valer 10 vezes mais por equivaler ao nariz de 10 outros pacientes. Ontem mesmo um otorrinolaringologista falou pra mim: isso é um absurdo, seu nariz é maior que o nome da minha especialização.

S: E como o senhor faz para preservar seu nariz, há algum cuidado especial por ser deste tamanho?

M: Eu sempre higienizo bastante, passo uma escovinha, principalmente por dentro, não deixo entrar animais como morcegos que gostam de se abrigar em locais mais escuros.

Vinicius Antunes