O colegiado do Supremo Tribunal Federal decidiu hoje que será proibido, por lei, torcer para o clube Sociedade Esportiva Palmeiras.

A decisão veio dois dias depois que a Federação Paulista de Futebol decidiu afastar os torcedores organizados do Palmeiras dos estádios paulistas.

Segundo o relator do processo, ministro Marco Aurélio Biro-Biro, torcer para o Palmeiras pode levar as pessoas a agir de forma impensada.

“Temos vários torcedores famosos do Palmeiras que não se comportam bem, como Baby, o Porquinho Atrapalhado e o Mancha Negra, inimigo do Mickey Mouse”, disse o ministro.

Marcelo Z.