Lula elogia Aécio: “Está pronto para dirigir o Brasil”

    O ex-presidente Lula defendeu o senador por Minas, Aécio Neves, que teve a carteira apreendida numa blitz da Lei Seca, depois de se recusar a fazer o teste do bafômetro. O guarda disse que parou o senador por causa do odor de álcool, provavelmente do carro: “Ele estava cheirando forte demais”. O PSDB anunciou que vai mudar seu número, de 45 para 51. O senador foi convidado para ser o garoto-propaganda da Devassa.

    Mulheres feias comemoraram o episódio, porque agora elas sabem que terão uma chance com o ex-governador.

    Equipe Sensacionalista

    [blackbirdpie id=”59665439067877377″]