Homem de 2,5 metros é eleito maior anão do mundo em Portugal

homemaltomateriaO português Manoel Joaquim, de 22 anos e dois metros e meio de altura foi eleito ontem o maior anão do mundo em Portugal. Manoel concorreu com anões de todos os países que tinham em média um metro e vinte de altura e reclamaram do resultado. “Covocaram um concurso para anões e elegeram uma pessoa normal. Foi uma grande injustiça.”, reclamou o anão Usif Aman, que fez o papel de Zangado numa versão pornô de Branca de Neve.  

 

Apesar da insatisfação, os anões disseram que não vão entrar na Justiça para recorrer do resultado. “Tenho problemas maiores. Quer dizer, menores”, disse Asturo Uri, da Turquia, pequeno comerciante (pequeno mesmo).

Mas não foram só os concorrentes que ficaram revoltados. O governo português não conseguiu inscrever Manoel Joaquim no livro Guinness dos Recordes. Promotor do evento, Angelo Marques ficou revoltado. “A organização do Guinnes é burra. Temos um recorde aqui e não quiseram registrar: você conhece algum anão maior do que esse?”, perguntou. Portugal, porém, não desiste de ter um representante no livro dos recordes. Na semana que vem começa o concurso que vai eleger o mudo que fala mais rápido.

Curta nossa página no Facebook e receba notícias:

4 thoughts on “Homem de 2,5 metros é eleito maior anão do mundo em Portugal

  1. João Post author

    Estes brasileiros gostam muito de anedotas de portugueses,apanhem mas é os bandidos que por aí andam e deixem os portugueses em paz.

    Reply
  2. Ana Clara Martins Post author

    Vcs não têm mais nada pra fazer???? Ainda bem. Adoro a turma do
    Casseta, tô curtindo o
    sensacionalista e divulgando horrores. Obrigada por nos desopilar, chega de notícias brabas que azedam o dia!!!!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Top